31 de dez de 2013

O ano virou.

Meu ano foi inteiro uma sexta feira treze. Zica, pior que passar em baixo da escada, como diz o poeta das ruas Rashid em sua musica.
Eu, espirita Kardecista e simpatizante da Umbanda ( me julguem ) que sou, acredito muito nessas previsões que fazem todo começo de ano. E como foi alertado antes mesmo de 2012 virar 13 o ano seria HARD, e foi !
O ano tinha tudo para começar bem. Virei o ano entre aquelas amigas que a gente jura que é pra sempre, sabe? Muito brinde, muito abraço, muitas promessas. Tudo lindo, só que não.
Maio, o mês mais esperado da vida por vir acompanhado das férias atrasadas do trabalho, estressante, cansativo e sem reconhecimento profissional, veio para desandar de vez o ano. As férias foram dentro de casa, sem dinheiro e o relacionamento de longos 6 anos, desandou ! Que maravilha, que mês ótimo. Mas é claro, que quando as coisas estão ruins elas sempre podem piorar. Junho se arrastou regado a desilusão amorosa e muita lagrima.
E então inicia-se o mês mais infeliz de toda a minha vida, explico: Julho trouxe junto dele uma mala recheada de decepção, tristeza e perdas significativas. Meu avô, um senhor de 83 anos cheio de problemas de saúde mas sempre muito ativo adoeceu seriamente. Por quase um mês ficou internado, com problemas respiratórios, deixou de andar, falar e se alimentar. Depois de muito sofrimento, tanto dele quanto da família, o plano superior achou melhor leva-lo. Sofri. Comemoramos o aniversário dele com ele na U.T.I e tive o pior dia dos avós da minha vida.
Como acredito que Deus nunca manda a cruz mais pesada do que podemos aguentar, foi nesta época também que meus olhos se abriram para as amizades que carregava nesta vida. Foi em julho também que uma pessoa especial firmou-se na minha vida, me deu força e animo para seguir. Uma relação infelizmente conturbada por "N" motivos do passado, muitas pessoas se opuseram, apontaram o dedo e viraram as costas, faz parte, todo mundo sempre aponta o dedo para o erro dos outros e senta em cima do seu rabo.
 No meio de todo turbilhão de problemas familiares, encontrei um espaço para procurar uma daquelas amigas que citei lá em cima. E a ouvi, com todo coração, deixei que ela desabafasse todos seus problemas e reafirmei o contrato de amizade: "Pode contar comigo, viu ? Me procura." Que boba eu fui. No meio de todas as perdas e dores da minha vida, ela foi a primeira a correr. Eu sempre soube o quanto ela era egoísta e individualista, mas é que no fundo eu tinha aquela esperança de que por 10 anos eu não estava tão enganada quanto a amizade que escolhi. E eu estava.
Julho também reaproximou pessoas que eu julguei e me afastei por muito tempo. Claro que eu agradeço a Deus por este mês conturbado. Coisas ruins também servem para abrir os olhos para as coisas boas.
Agosto, não precisa de descrições, não é atoa que carrega a fama de cachorro louco.
E então inicia-se o mês do inferno astral, aquele mês que tudo da errado, que tudo vira de ponta cabeça. O mês desandou mais um relacionamento que não chegou nem a começar, quando tudo parecia caminhar, todo mundo ficou contra uma historia que nem teve chance de acontecer. Hoje continuamos amigos, aprendi muito com ele e ele comigo.
Em outubro passei pela situação mais constrangedora da minha carreira profissional, acusada de ter um caso com o meu chefe e de ser a pessoa mais odiada da empresa, passei 4 longos dias chorando e me questionando até que ponto valeria jogar para o alto a promoção que tinha acabado de receber por pessoas que não me ajudaram em nada. Permaneci no meu cargo porém agindo com todos de maneira totalmente diferente.
Nos últimos dois meses as coisas correram com mais tranquilidade. Aquele relacionamento desandado tem uma promessa de entrar nos eixos em 2014, um amor que não apaga, não aqueta. Muita coisa já passou, outras tantas pessoas também. É uma promessa, um destino.

Agora é fechar os olhos, ouvir os fogos de artifícios e desejas de peito aberto que o próximo ano carregue pra longe toda a zica deste 2013 !

Nasci em um domingo de primavera ás 21:00 do dia 29 de Setembro de 1991. 1 mês antes do previsto e regida pelo signo de libra.Apaixonada por livros, séries, músicas, flosofia e tecnologia. Espírita Kardecista. Blogueira por amor e futura webmaster por formação. Nasci na selva de pedra mas meu lar é onde os pés encontram o mar e o sol tocar a pele. ♥ (+)