17 de nov de 2011

Nada além de um dia ruim.



Meu problema já não é mais te amar e não te ter, o problema agora é ter discernimento para saber até que ponto amo aquele que existe e até onde amo aquele que eu criei. Depois da decepção filtrei todas as coisas ruins que você me fez e idealizei um passado perfeito que não tinha motivo algum para ter acabado.
A decepção parece dobrada nos dias lúcidos quando você se mostra completamente nu das mascaras que usava e eu consigo ver estampado nos seu rosto o tipo de homem do qual eu sempre tive repulsa, é complicado enxergar a pessoa que faz teu coração acelerar de maneira tão clara sem o véu da paixão cobrindo os olhos. Porque de uma maneira louca e doentia todas aquelas certezas que eu carregava sobre você ser o homem da minha vida jamais somem e o coração não desocupa, não abre uma brecha para encontrar um novo ' amor da minha vida, daqui até a eternidade ', vai ver é porque amores assim acontecem uma vez só na vida. Ainda ontem ouvi de um amigo, que tem a idade para ser meu pai que em nossa vida existe sempre um: Um que você ama, um que você gosta e um que você se da bem, sabe concordo com ele porque só assim para as coisas terem explicações decentes. Você vai ser sempre o 'um que eu amei' mas eu preciso abrir espaço para que entre um que eu vou gostar para deixar de vez um passado que nem foi tão bom quanto minha memoria tenta acusar, acabar. Foi bom enquanto era reciproco, enquanto os olhos enxergavam as coisas de maneira mais inocente, mas acabou, ainda não passou e deve ser por isso que ainda te escrevo porque na memoria e nas palavras você parece vivo, presente e tão verdadeiro quanto eu gostaria que fosse. Mas eu tentarei mais algumas vezes me manter fora dos seus olhos e meus dedos longe das teclas quando a inspiração for você, não esse você existente, vivo, mas esse você idealizado, tão impossível de existir. Impossível porque agora eu te vejo da maneira como você sempre foi e dói saber que todo esse amor que eu carrego foi construído em cima da ilusão de um você que não existe.
Ninguém encaixa, ninguém completa e pior que isso é que independente de tudo quero sempre você dormindo ao meu lado, com o rosto angelical e seu beijo de bom dia. Nada faz sentido, você me tira a razão e tudo o que eu queria, era um dia só de todos aqueles em que eramos felizes juntos pra lembrar a sensação de um 'eu te amo' seu a cada despedida ou a cada silencio diante do mar.
Uma hora isso apaga, uma hora passa, não importa, hoje foi só um dia ruim, acontece de vez enquando, amanhã lembrarei do quão leviano é teu coração e paro de te inventar.


2 comentários:

  1. Aiii amiga está muito lindo,eu sei muito bem como é sentir isso ,idealizar e amar uma pessoa que talvez nunca tenha existido...apagar as coisas ruins e só lembrar das coisas boas,e ficar sem saber o pq acabou,mais em um dia ruim nós começamos a nos dar conta de que uma hora ou outra tudo aquilo que fizemos questão de apagar das nossas memorias ,nao sairam do coração...ai vem a magoa.Eu sei muito bem como é ,e sei como é dificil.

    ResponderExcluir
  2. O que importa é que hoje você consegue ver quem realmente é essa pessoa, e o quanto ele brincou com você, claro que as lembranças e as saudades vão fazer com que dias sejam ruins, mais tudo passa.. E você com certeza merece ser feliz. Ame, ame, ame de novo, nada é impossível. O amor se refaz, depois que os pedaços são recuperados, ele se refaz. Te desejo toda felicidade no AMOR!

    ResponderExcluir

Quem nunca altera a sua opinião é como a água parada e começa a criar répteis no espírito.
( William Blake)


Movimente a sua, faça-nos refletir e reflita sobre o que leva como verdade absoluta.


Nasci em um domingo de primavera ás 21:00 do dia 29 de Setembro de 1991. 1 mês antes do previsto e regida pelo signo de libra.Apaixonada por livros, séries, músicas, flosofia e tecnologia. Espírita Kardecista. Blogueira por amor e futura webmaster por formação. Nasci na selva de pedra mas meu lar é onde os pés encontram o mar e o sol tocar a pele. ♥ (+)