26 de set de 2010

Coloco agora meus pesadelos à venda.


Ei menina, não tenha medo.
Respire, acorde.
Eu sei o que sentes. Agora acorde, já passou. Veja, você está aqui.
Sei o que tem guardado ai, imagino o que tenha sonhado.
Parece que ninguém lhe valoriza não é? Parece que não lhe enxergam, você sente isto? Que todo este amor que tem carregado tem sido em vão? É isso que pensa? Que um qualquer veio apenas para lhe assustar e roubar tua insanidade?
Não pense assim, nem todos são como ele.
Te entendo menina. Sei que parece que ele não lhe ama, mas você sabe que sim, sabe que independente do que ele te faça, estará ai, ao teu lado, mesmo que não te perceba, ele não sai do teu pé, e você incansavelmente se pergunta: Por que eu?
Você sabe, ele nunca irá embora, e você também não tem coragem para fazer isso. Não tem coragem de ir, e muito menos de expusá-lo. Você não quer isso. Sabe ou acredita que algum dia valerá a pena todo teu esforço. Eu te digo, valerá.
Não se canse, não desista.
Todo o teu amor que passa despercebidamente por entre vocês durante as noites. Todo o calor que vocês sentem juntos se transforma em vazio quando distantes.
Tudo o que você carrega que ele insiste em jogar no lixo quando pensa apenas em si.
E agora eu lhe pergunto? Tem mesmo um futuro ali? Quer mesmo isso? Ou é apenas egoísmo? Não quer que ele conheça o mundo não é? Não quer que ele tenha outros amores, ou trate outras como trata você não é?
Puro egoísmo, puro egocentrismo. Puro vício, maldito vício.
Você não o quer, ou não sabe exatamente o que se passa ai. De sorrisos à lágrimas em questões de segundos, sua vida é assim, se baseia apenas nisso não é? Ele é seu por vezes, e outras não é mais. Por vezes te trata com tanto amor e ardor, por outras vezes é insuportável, um repleto idiota, indiferente.
Até ontem você acreditava nisso, no para sempre, mas hoje é diferente, e mesmo assim você ainda não consegue o deixar.
Você tem pesadelos, te fazem acordar triste, mas ele ainda está lá. Ouvi-lo dizer coisas bonitas não muda o medo que aquele sonho deixou. E por vezes você deseja melhorar, dar-lhe presentes, ser uma boa companheira, desejo que esvaia em questão de segundos, que é quando você repensa, e vê que ele não merece nada que venha de você.
Foi só um pesadelo, só isso, mas o sentimento é real, machucou tanto como aqui na realidade. Ele deu atenção e carinho a outra, doeu. Doeu muito, acabou com seus sorrisos.
Eu te entendo. Não tenha mais medo. Você o ama, ama tanto ao ponto de aturar qualquer cicatriz, qualquer tiro que ele possa jogar contra você. Você estará sempre ali, por que sabe que de qualquer forma, sonho ou realidade, ele voltará. Sempre voltará, tanto ele como os pesadelos. E um dia você saberá a resposta, saberá se quer continuar com isso, ou quer apenas não sonhar mais.


Obs: Colocamos bem à vista o modo como é visto o plágio referente à blogs, por isso, antes de copiar um de nossos textos, e principalmente, cortá-lo, mudá-lo e trocar nomes pense bem. Colocar créditos nunca é demais. PLÁGIO É CRIME.

10 comentários:

  1. Amar é um negócio muito complicado!

    Grande abraço!

    http://linhadeconsciencia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Muito real! Parece que cada vez mais o amor se torna pesadelo, mas depende muito de quem o sente e como lidamos com ele!
    Me inspirou!

    Beijos,
    Taíse

    ResponderExcluir
  3. Parece-me um retrato fiel de um típico conflito adolescente, que muitas vezes ocorre em outras idades da vida. Tem a leveza que o tema necessita e a importância que ele merece!
    =)
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  4. Nossa, lindo texto!

    http://confissoesdeumaentediada.blogspot.com/
    siga & comente!
    eu retribuo :*

    ResponderExcluir
  5. Amar é complicado...

    mas tbm é muito bom qnd correspondido

    ResponderExcluir
  6. Mtt bom este blog;.
    Parabéns =D

    http://leyenglish.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Gurias, a amizade de vocês é linda demais! Todo mundo PRECISA de uma melhor amiga como vocês tem, uma a outra. Acho divino, demais. Tenho uma melhor amiga também, mas ela não escreve. Aliás, duas: minha mãe também!
    Esse amor, eu tenho CERTEZA que é pra sempre.
    Beijoca!

    ResponderExcluir
  8. Oi, Thamires...
    Muuito bom o seu blog, suas idéias e seu bom gosto.
    Estou te seguindo.
    Beijos no coração,
    EDU (http://edurjedu.blogspot.com)

    ResponderExcluir

Quem nunca altera a sua opinião é como a água parada e começa a criar répteis no espírito.
( William Blake)


Movimente a sua, faça-nos refletir e reflita sobre o que leva como verdade absoluta.


Nasci em um domingo de primavera ás 21:00 do dia 29 de Setembro de 1991. 1 mês antes do previsto e regida pelo signo de libra.Apaixonada por livros, séries, músicas, flosofia e tecnologia. Espírita Kardecista. Blogueira por amor e futura webmaster por formação. Nasci na selva de pedra mas meu lar é onde os pés encontram o mar e o sol tocar a pele. ♥ (+)