2 de ago de 2010

Respeito,passe adiante.

Assim como escrevo, leio muito e em uma dessas leituras sem compromisso um trecho no texto ' O menestrel ' ( conhecido também como Um dia você aprende ) da Veronica Shoffstal ( nome original: After a While ) me chamou atenção ele dizia que :
-->


Aprende que não temos que mudar de amigos
se compreendemos que os amigos mudam

Depois de me questionar muito sobre que opinião assumir por conta desta frase percebi que isso vale não só para os relacionamentos entre amigos mas sim em todos. Inclusive nos amorosos, não podemos esperar que a pessoa com quem dividimos momentos e amor seja eternamente igual ao que conhecemos anos mais cedo.
Mas isso é especialmente comum em amizades, alguns anos de convivência as vezes até mesmo meses e uma das partes resolve mudar, muda de opinião, de lugares que frequenta, de assuntos, de prioridades, objetivos e até mesmo de amigos. É um ciclo, mudança faz parte da vida de qualquer pessoa, o problema é quando você percebe que atitudes tomadas anulam completamente seu relacionamento com alguém ou o que é pior, que outra pessoa interfere diretamente naquilo que chamamos de amizade.
Mudar faz sim parte da vida, anular-se por alguém não. Nunca consegui entender a mania que muitas de nós mulheres têm de viver intensamente e exclusivamente para nossos namorado/rolos/maridos. É sempre assim, quando alguma amiga começa a namorar, some.
Tudo bem, concordo que passar momentos a dois é muito interessante, mas observo uma coisa em todos os relacionamentos que acompanho de perto, homens nunca, jamais abandonam seus amigos. Não abrem mão de um churrasco entre homens, uma partida de futebol, uma cervejada e as até uma balada.
Então por que é que nós mulheres resolvemos que viver por eles é muito melhor que viver com eles e com amigas? Abrimos mão de uma tarde no shopping, um barzinho, uma balada ou um dia fofocando?
Eles dizem sempre que mulheres são ciumentas, controladoras e estéricas, mas quando resolvem assumir o papel de ciumentos, faltam quase sempre com o respeito. O problema é quando não nos impomos e deixamos claro que respeito na relação é fundamental.
Amar-se é mais importante que amar, pelo menos sobre o meu ponto de vista, aceitar qualquer tipo de ofensa ou falta de confiança e respeito no relacionamento é anular completamente o amor que devemos dedicar para nós mesmo.
Fico imensamente desolada quando me deparo com alguma amiga minha aceitando e até defendendo atitudes injustificáveis com a única desculpa de amar, colocar sobre o ombro de outra pessoa todas as nossas espectativas, sonhos e fichas de felicidade dá a impressão de que somos fracos demais para assumir a responsabilidades de bastar-nos.
Tento sempre me meter o minimo possível em relações assim, me envolvo até onde me permitem. Mas complicado é perceber que você é tachada de chata e intolerante e então a pessoa distancia-se de você.
Limito-me a dizer que não sou a dona da verdade, nem espelho para relações saudáveis, mas depois de tantos tombos entendi que me amar é muito mais importante que ter alguém do lado. Bastar-me vale mais a pena, ser rodeada de pessoas que me amam mesmo que não de maneira carnal, homem e mulher é bom. Deixo aqui, minha imensa frustração em ver pessoas dais quais gosto muito deixando que outras controlem todas as vontades, desejos e livre arbítrio.

13 comentários:

  1. O blog está lindo. Vocês são lindas, e o que vcs escrevem, de forma natural, faz pensar, refletir. Já estou seguindo vcs, e com ctza terão minha visita por mais vezes. Um abraço carinhoso e agradeço a visita da Thamires.

    ResponderExcluir
  2. Esse lance de respeito é realmente um assunto delicado, de fato o passar do tempo mostra novos caminhos a todos, e não podemos fazer com que todos que gostamos sigam conosco... so resta torcer para que todos se dêem bem!
    Tem um post que falo dos meus amigos no meu blog... da uma olha talvez você goste!
    http://diego-stoker.blogspot.com/2010/07/carta-aos-que-nao-fazem-mais-historia.html

    ResponderExcluir
  3. POR ISSO que eu não abro mão de um shopping, um parque ou qualquer outra coisa com as meninas. Balada não, porque tem outra conotação, mas enfim.
    Concordo plenamente com o que escreveu, afinal: se você própria não se respeita, por que qualquer outro alguém respeitaria?

    ResponderExcluir
  4. fala sério, falou tudo nesse post Tha, TUDO MESMO. tiro palavras da minha boca.. incrível como você consegue expressar/escrever tudo isso *-*

    sou sua fã, você é foda!
    te amoo <3
    :*

    ResponderExcluir
  5. Eu sou essa amiga ai? kkkk
    Engraçado, eu já me vi muito neste papel de controlada pelo tal. Hoje, e com sua ajuda, sou mais eu. Pensar em nós em primeiro lugar não é ser medíocre muitos menos orgulhosa, é saber o que nos faz bem longe e o que nos faz mal perto e vice-versa também. Pensar em si não é deixar de lado uma relação, é se entregar mais madura nela. Eu te amo sempre mais e nunca vou deixar de ir ao shopping ou tomar aquele chopp com você.

    ResponderExcluir
  6. Um grande defeito da maioria das pessoas é realmente não entender que as outras mudam, e achar que elas mesmas não mudaram! Quanto ao espaço em um relacionamento, acho extremamente necessário, é muito bom estar à dois, mas a vida não é só isso, o mundo de ninguém se resume à uma outra pessoa...

    Parabéns pelo blog, pelos assuntos discutidos e bons temas aqui abordados, isso sem falar na forma correta com que são escritos os artigos, muito sucesso no blog!
    Bjuss!!!
    Ahh, retribuam a visita, e participem lá também...
    http://meucaonaochupamanga.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Você tocou em um assunto complicado. Conciliar namoro e amizade sempre é algo difícil, porque há coisas que suas amigas solteiras fazem que não condizem mais com o seu status "namorando" e nem por isso você quer estar de fora, mas te deixam. Porque não é apenas algo que vem de quem está namorando pras amigas, muitas vezes o contrário acontece. As amizades passam a te olhar de outro jeito, porque você está em outra fase. Digo isso porque já estive dos dois lados da força. Não chamava amigas namorando pra fazer nada, porque achava que elas nunca iriam e agora ninguém me chama pra nada porque acham a mesma coisa. Mas, nunca deixei de comparecer em festas ou momentos de fofoca, isso quando chamada. O que acontece? O fato das pessoas não aceitarem que você muda também. E concordo totalmente com você, ninguém está apto a amar se não se gostar em primeiro lugar. Quem se deixa levar por alguém, não vive. Passa a ter relacionamentos não saudáveis. Uau! Escrevi demais... saushauihsiauhs
    ótimo blog.
    beijos!
    http://viciose.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. gostei do layout
    vc escreve muito bem
    acho q vc ta certa em suas palavras
    so acho q devia ter ser feito em partes
    ^^
    mais ta bem legal

    ResponderExcluir
  9. parabéns pelo blog..
    é um prazer a leitura

    http://legaljunior.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. "Limito-me a dizer que não sou a dona da verdade, nem espelho para relações saudáveis, mas depois de tantos tombos entendi que me amar é muito mais importante que ter alguém do lado."
    Não imaginas o quanto precisava 'ouvir' (ou ler) isso.
    adorei :)

    ResponderExcluir
  11. Nossa, gostei! Eu sempre reflito sobre esse assunto, de ter sua vida em torno de uma pessoa que nem se sabe se estará ao seu lado depois de um tempo. Amigos por outra vez são eternos, mesmo que muitas coisas mudem, sempre vai ter um pouco daquela amizade que um dia foi construída.
    Obrigada pela visita no meu blog. 8D
    http://soubeepolar.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Bela verdade: homens, nunca abandonam seus amigos, seja no começo, meio ou final de um relacionamento. Já nós, mulheres, cegas, apaixonadas e sentimentais, largamos qualquer noite do pijama ou jantar entre meninas, pra ficar com os bofes! HAHAHA
    Íncrível...Mas, acho que com o tempo vamos aprendendo a nos portar como damas, musas e mulheres que somos, e a nos sentir um troféu; que no final de tudo, é o que somos! Quem luta, consegue.
    Beijo, lindinhas!

    ResponderExcluir
  13. Respeito um parente próximo da compreensão! lembre-se.
    Uma frase q acho bonita é.. " O respeito que impomos, define oque somos " Muito usada na organizada do SPFC e acho legal, dá p pensar!

    Bjao linda e parabéns pelo blog.
    viste-nos

    Brazileiro:.
    http://dezgoverno.blogspot.com/2010/08/pinturas-fantasticas-de-kruger.html

    ResponderExcluir

Quem nunca altera a sua opinião é como a água parada e começa a criar répteis no espírito.
( William Blake)


Movimente a sua, faça-nos refletir e reflita sobre o que leva como verdade absoluta.


Nasci em um domingo de primavera ás 21:00 do dia 29 de Setembro de 1991. 1 mês antes do previsto e regida pelo signo de libra.Apaixonada por livros, séries, músicas, flosofia e tecnologia. Espírita Kardecista. Blogueira por amor e futura webmaster por formação. Nasci na selva de pedra mas meu lar é onde os pés encontram o mar e o sol tocar a pele. ♥ (+)