17 de ago de 2010

Aula de literatura produtiva.

Apos um mês aproximadamente cá estou eu novamente sentada frente a um quadro negro, observando atentamente aquele que se intitula como meu professor de literatura neste cursinho pré-vestibular que me dedico cinco dias por semana, 4 horas por dia. Pedro, meu professor, japonês e baixo tem o tipo de voz que nem ao menos é capaz de prender minha atenção, é necessário uma preparação auditiva para conseguir prender-me a esta aula que muito me interessa. Mas agora entendo por que é que meus ouvidos fecharam-se quando meus belos olhos azuis pousaram sobre os olhos dele semicerrados, hoje é apenas terça-feira ele não deveria estar aqui. Apago por 5 minutos, esqueço que tenho linhas em branco para preencher. Palmas, ao menos uma vez nestes seis meses Pedro rouba minha atenção.
Me desligo, mal ouço a voz de Pedro, a folha em branco prende toda minha atenção, viajo para longe, mergulho em lembranças desta vez não em lembranças gastas mas sim em lembranças recentes, daquelas que se tem a sensação de que é possível tocar, sentir o cheiro e ouvir a com clareza o tom de voz doce.
Tai, descobri onde meus pensamentos vagam, olhos azuis, boca cor de cereja, cabelos tão lisos e sobrancelha perfeitamente desenhada, a voz no tom doce e sexy na medida exata, é... exatamente ai onde pousam meus pensamentos. Não sinto paixão tampouco amor, mas ternura pelos sorrisos sinceros e puros que duas pessoas que nem se conhecem intimamente dão juntas.
Descoberta, conquista, duas coisas que por muito tempo esqueci que existiam, apreensão por todas as coisas que ele jorra em minha vida.
A voz de Pedro interrompe minha paz, ouço então o doce nome daquele que está em minha lembrança, aquele que preenche linhas deste texto.Até na voz não atraente de Pedro o nome dele escapa doce pelos lábios.
Lábios, em um encaixe perfeito os meus encontram aqueles carnudos e vermelhos que são desenhados especialmente para aquele doce rosto.
Fim da aula, ouço apenas Pedro despedindo-se, aqueto então os pensamentos, tiro o sorriso involuntário que há semanas instalou-se no meu rosto sempre que lembro do brilho nos olhos que ele tem.

 Ps: Um beijo pra minha mãe que sempre lê os textos enquanto estou no cursinho. E outra pra minha irmã que é quem mostra . E outro para a Renata que ao invés de trabalhar, vem ler !! rs ♥

19 comentários:

  1. hahahahha, eu ví uma menina bem bonita falando num tópico de blos:
    Todos dão calote nessa porra!!!!
    Então não é a sua vez na fila, mas eu resolvi vir comentar e te falar que não combina sua imagem com sua fala, hahahahaha. Vai lavar a boca com sabão de côco, hahahahahaha.

    Quanto ao texto, hahaha, puxa... como eu já vivi coisas parecidas, com professores que não tem a minima vocação ou preparo para isso que na verdade nos dá só sono mesmo, hahahaha.
    Eu só não entendi a hora do beijo... A boca que se encaixa perfeitamente é a do Pedro? Do zóinho puxado no zóião azul? Hahahahahahahaha.

    Um bom dia pra vc!!

    visita meu blog:
    http://amansim.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. SAOKSKOASOKAOK adorei o comentário de cima.

    1° pessoas foram tocadas... Humm, isso é pervertido

    2° PARA de boiar na aula e estuda mano! Sou aluno de cursinho também. FODA! Mas, meu professor de literatura (Roberto Juliano, vulgo JUJU) é um semi-Deus da arte.

    3° A escritora nada modesta: "meus belos olhos azuis" ADORO!

    4° Enfim, ótima escrita. ótimo blog: Adorei a sensibilidade de transformar uma aula pacata em um puta acontecimento.

    ResponderExcluir
  3. 'meus belos olhos azuis' HUAEHAUHSUHAUIE, ser modesta é uma arte! aeahuishiahue, e boiar durante aulas também.

    www.jadenadaf.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. super modesta hein ? 'meus belos olhos azuis' OAISOISOIAOSAS (:
    você sempre arrasando!

    ResponderExcluir
  5. professores assim dão sonos e são muitos chatos. FATO.
    eu ia comentar a falar sobre a tua humidade sobre os teus olhos, mas vi pelos comentários que ja tinham dito rs

    beijo

    ResponderExcluir
  6. Tenho um selo para você!
    Escolhi seu blog pq me senti mto bem aqui.
    Espero que aprecie a minha intenção de homenagear seu cantinho.
    É só vc ir ao meu blog, e escolher em SELOS RECEBIDOS (canto direito-baixo do blog.)
    Escolha o seu, e parabéns!! Continue contribuindo com suas palavras.

    bjos.

    ResponderExcluir
  7. Adorei, bem poético e filosófico. Quando oder passe la no meu blog, valeu.

    ResponderExcluir
  8. Nossa, histórias de cursinho pre-vestibular. OMg, me senti velha agora :S

    Bem legal. Mas o que eu mais gostei foi do "ps"
    asoioasuiouisasauiasuia

    ResponderExcluir
  9. Eu tenho narcolepsia escolar
    AUAHAUHAUHAUH
    e principalmente de professores que nem esse seu... é por isso que o brasil num vai pra frente... por causa de uns fd... então... AUHAUAHUA

    Pow, sua amiga que num trabalha pra ler seu blog num quer ser minha amiga? UAHAUHAUAH Pow, quem dera minha mãe lesse o que eu escrevo, ela prefe ler a sacola de ração do bichano UAHAUHAUHAU

    BjauM!

    www.suportedamente.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Sua tratante, agora só fala dos olhos azuis que te tiram a atenção. E ainda tem a cara de pau de se gabar pelos próprios, estou sobrando aqui é isso? HUAHSIAIUSHAUI lindo amiga, *-------* te amo.

    ResponderExcluir
  11. Você tem um belo par de olhos azuis realmente!
    =)
    Hehehehehehe.

    Mas, mesmo a aula sendo chata, os devaneios que ela proporciona são bem melhores que a matéria, isso é certeza.
    Belas palavras!

    ResponderExcluir
  12. Com certeza a pior coisa que exxiste é ter um professor que mesmo dando aula você não consegue nem rpestar atenção no que ele fala

    ResponderExcluir
  13. Que lindo, gurias. Amei, amei! Nada como um menino com brilho nos olhos, pra causar o mesmo nos nossos, não é mesmo? Sem alguém assim, que faça radiar nossos dias, até mesmo a vida parece congelar.
    Beijoca!

    ResponderExcluir
  14. Oi Thamires, nossos pensamentos, oq é mais difícil controlar? eles ou os sentimentos? eu ainda não sei...

    obg pela visita e pelo carinho, bom saber q não sou a única a temer as mudanças, obg pela força!! volte sempre querida, bjos!

    http://meuprojetopiloto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  15. Oi Thamires, sobre o livro 'Doidas e Santas' eu estou gostando mto, são crônicas bem interessantes a respeito da vida. Só não são tds voltadas para o universo feminino como o livro faz pensar ser.. bjos!

    http://meuprojetopiloto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  16. Sensacional o texto. O professor, a viagem, a "modéstia" (que convenhamos, todos temos que ser "modestos" de vez em quando) Curti.

    ResponderExcluir

Quem nunca altera a sua opinião é como a água parada e começa a criar répteis no espírito.
( William Blake)


Movimente a sua, faça-nos refletir e reflita sobre o que leva como verdade absoluta.


Nasci em um domingo de primavera ás 21:00 do dia 29 de Setembro de 1991. 1 mês antes do previsto e regida pelo signo de libra.Apaixonada por livros, séries, músicas, flosofia e tecnologia. Espírita Kardecista. Blogueira por amor e futura webmaster por formação. Nasci na selva de pedra mas meu lar é onde os pés encontram o mar e o sol tocar a pele. ♥ (+)