4 de jul de 2010

Será que você nunca errou comigo?


A inconsequência deu lugar a mais motivos. O ciúmes deu lugar a mais mágoas!
E num ímpeto de raiva e inconsciência - fiz o que mais tinha vontade, porém faltava-me coragem! - apertei a opção 'enviar mensagem' e dei um basta nisso.
Me arrependo, bate a tristeza, mas logo em seguida não dando nem tempo de chorar, me sinto grata por ter o feito.
A minha cabeça cria situações, minha imaginação vai além e eu me machuco mais.
Ao acordar queria que tudo não passasse de um pesadelo e que você estivesse aqui ou me ligasse para dar bom dia. Mas não está.
Não dá tempo de querer mais coisas que já fico mais decidida de que você não merece nada do que sinto. Você pode me amar, mas seu amor não é o bastante para suprir o que eu sinto, eu o amo intensamente, verdadeiramente, sinceramente e infinitamente. É tão forte e intenso, sinto que vai explodir, me machuca, dói,..
Jogar tantos sonhos e planos no lixo não é fácil, parece que esta história, que nós, nunca teremos um fim, estaremos sempre ligados de alguma forma.
Penso em você, a cada passo meu eu tento encontrar teu rosto, fico esperando que esteja na frente da minha casa com flores e toda esta dor passe.
Fico me perguntando repetidamente 'por que só nos amamos, sentimos falta e nos valorizamos quando estamos nessas situações?'
Eu quero me desprender, mas vem a falta, a saudade e só desejo você ao meu lado.
Por que juntos não dá tão certo?
Você decifrou todas as minhas vontades, manhas de menina, vontades, sabe todos os meus gostos, minhas cores favoritas, cada detalhe que nós decoramos, e do nada vem surgindo mágoas, feridas que não se deixam cicatrizar. Vão formando a casquinha e novamente ela é cutucada. Até uma hora em que não sara mais. E aí é preciso um tempo, é necessário que ela cicatrize, renovar. E já que não tenho ajuda, é melhor eu fazer isto sozinha!
Eu só quero que passe, que acabe!
Eu vou sentir falta, não dá para continuar com algo que ambas as partes não se esforçam.
A parte mais difícil é passar por tantas coisas de desistir, mesmo arrependida de não ter dado um basta antes, acumulei, sofri, já chega, vou cuidar de mim, me divertir, te esquecer,...
Mas enquanto a parte principal não acontece, eu vou contanto novamente os dias, numa contagem regressiva nos dias sem você.
''Eu te amei do jeito mais profundo que alguém pode amar outra pessoas, mas eu desisto de você, acabou'' ♫

7 comentários:

  1. "A minha cabeça cria situações, minha imaginação vai além e eu me machuco mais."

    Péssima mania de querer adivinhar tudo. rs

    te amo Van !

    ResponderExcluir
  2. Droga, se ele estivesse aqui e te jurasse amores e tudo mais ... será que vc gostaria tanto dele?
    Minha experiência diz que não. Mas eu procuro nao generalizar... [maldita mania de esperança ¬¬']

    enfim, ótimo texto, beijos!

    ResponderExcluir
  3. Meu, parece q todas jah passamos por algo parecido...em partes vc disse td q eu, e mais 1 milhao de garotas sentem...
    parabens, vc é otima...
    beijos nessa

    ResponderExcluir
  4. Vanessa, sua estressadinha! haha!

    ResponderExcluir
  5. Vou linkar o blog ao meu, para sempre ler. E divulgar também ;)

    :*

    ResponderExcluir
  6. Isso, faça isso se não você já sabe que eu te bato kkkkkk, brincadeirinha, obrigada Lucas, farei o mesmo.

    ResponderExcluir

Quem nunca altera a sua opinião é como a água parada e começa a criar répteis no espírito.
( William Blake)


Movimente a sua, faça-nos refletir e reflita sobre o que leva como verdade absoluta.


Nasci em um domingo de primavera ás 21:00 do dia 29 de Setembro de 1991. 1 mês antes do previsto e regida pelo signo de libra.Apaixonada por livros, séries, músicas, flosofia e tecnologia. Espírita Kardecista. Blogueira por amor e futura webmaster por formação. Nasci na selva de pedra mas meu lar é onde os pés encontram o mar e o sol tocar a pele. ♥ (+)