12 de jul de 2010

Confuso mas ao mesmo tempo tão claro.


Devo confessar que minha real vontade é de transbordar em palavras que com certeza farão eu me arrepender de ter escrito e/ou pensado em tais, tendo a plena consciência disso mudo por completo o rumo dos pensamentos, focalizando apenas naquilo que me agrada e nas coisas das quais hoje trago como certeza.
Certeza numero um: Acabou mesmo, fim da linha.E numero dois: Ainda pior que o nosso fim é o fim do amor.
O apego é uma coisa perturbadora, você tem certeza de que tudo está acabado, estraçalhado, sem concerto e mesmo assim o apego continua ali, você não apaga lembranças, não consegue banir de uma vez a pessoa da sua vidinha mediócre e também não consegue conformar-se de que foi banida da vidinha mediócre dele.
Tenho quase certeza que o apego é meu mal maior, como aquela historia : Não é meu, mas me pertence.
Não
fisicamente, isso não pois nunca me pertenceu.. Mas pertence às minhas lembranças, minha historia e parte do que fui e do que me tornei e isso não é apagado de ninguém por maior que seja o esforço.
Mas voltando à tudo aquilo que me agrada, fico contente em saber que mesmo depois de sentir meu coração esmagado, pisado e estraçalhado - ou como quiserem colocar - sou capaz de criar forças e recolher cada milimetro dele que encontrar e com afeto refaze-lo afim de torna-lo ainda mais resistente. Eu disse resistente e não carrancudo, congelado, frio isso com certeza ele nunca vai ser.
Sentir que os sorrisos voltam a florescer, o brilho dos olhos voltam a chamar de alguma forma a atenção de alguém, sair com os amigos volta a ganhar força e que definitivamente tudo começa a conspirar para que enfim novos corpos, cheiros, lábios, perfumes, olhos e conversas entrem em minha vida. É libertador a sensação de reviver.
Estou indo ali alimentar minha auto-estima e volto em um segundo, assim que senti-la completamente satisfeita com tudo o que é capaz de ser e despertar nas pessoas, assim que conseguir convence-la de que ela é o melhor para alguém, mesmo que esse alguém seja quem está refletida no espelho todas as manhãs.

2 comentários:

  1. aaah que lindo o blog de vocês,
    to seguindo!

    segue o meu?
    eu fiquei sem nenhuma alternativa e criei este blog.
    http://nenhumaalternativa.blogspot.com/
    lá o pau come e o humor as vezes rola solto, tenho um olhar crítico das coisas e falo um pouco das coisas que acontecem comigo (coisas estranhas).
    entre, leia e comente!

    ResponderExcluir
  2. Muito obrigado pelo comentário no meu blog. Fico muito feliz que tenha gostado. Estou te seguindo também, seu blog é de excelente qualidade.

    ResponderExcluir

Quem nunca altera a sua opinião é como a água parada e começa a criar répteis no espírito.
( William Blake)


Movimente a sua, faça-nos refletir e reflita sobre o que leva como verdade absoluta.


Nasci em um domingo de primavera ás 21:00 do dia 29 de Setembro de 1991. 1 mês antes do previsto e regida pelo signo de libra.Apaixonada por livros, séries, músicas, flosofia e tecnologia. Espírita Kardecista. Blogueira por amor e futura webmaster por formação. Nasci na selva de pedra mas meu lar é onde os pés encontram o mar e o sol tocar a pele. ♥ (+)